Desenvolvida por Regina Machado, nossa metodologia parte do canto popular brasileiro midiatizado para minuciar o estudo sobre a estética da voz na canção popular brasileira. O trabalho técnico envolve a prática de exercícios vocais e respiratórios com enfoque à questão perceptiva e à estética vocal para a canção popular. A partir daí o aluno é orientado a buscar o equilíbrio da emissão com acuidade musical, controle respiratório, compreensão emotiva para a construção da interpretação e formação de sua própria personalidade vocal. O aprendizado técnico dá-se paralelamente ao estudo da história da canção popular brasileira.

​O estudo de repertório é dividido de maneira modular a partir de uma cronologia desta canção popular midiatizada desde o início do século XX com o surgimento e consolidação do samba até a Vanguarda Paulista. A escola possui material didático exclusivo, desenvolvido pela equipe de professores sob a orientação de Regina Machado.

 

época de ouro

Dedicado ao estudo do período de formação da canção popular brasileira urbana, com enfoque sobre o surgimento, a formação, a consolidação do samba, os principais cantores e compositores da época.

samba-canção e bossa-nova

Subdivide-se em duas etapas de estéticas vocais bastante distintas e, ainda assim, bastante ligadas. Inicia-se na renovação do Samba-canção - de 1946 a 1957 -, passando pela transição para a Bossa Nova e aprofundando o estudo estético e técnico deste estilo.

MPB E TROPICÁLIA

Estudo das estéticas musicais e vocais de um dos períodos mais heterogêneos da canção popular no Brasil, seus compositores e cantores. Foco voltado para a produção musical dos programas televisivos da época tais como Jovem Guarda e O Fino da Bossa, sobre os Festivais da Canção e o Tropicalismo. 

CLUBE DA ESQUINA

Dedicado exclusivamente à estética sui generis da produção cancional do grupo de compositores mineiros que ficou conhecido como Clube da Esquina.

VANGUARDA PAULISTA

Com foco sobre a produção musical da Vanguarda Paulista, a estética que aprofundou a presença da “voz que fala na voz que canta” e trouxe para o universo da canção popular elementos das vanguardas eruditas.

MÓDULO BÁSICO

Abrange todos os períodos, com repertório de fácil execução para iniciar o aluno e também proporcionar uma visão panorâmica da canção popular.

MÓDULO LIVRE

Voltado aos trabalhos artísticos dxs alunxs, que aqui escolhem o repertório do cancioneiro tradicional ou apresentam suas próprias composições.

#VEMPROCANTODOBRASIL